Blogs, vida e Marcela Bellas

internet_map_1024.jpg

Os blogs realmente têm sido o novo combustível da informação. Se você ainda baseia sua cesta de informações
diárias nos quatro ou cinco canais principais (digo a sopa do mainstream da TV+Web+Rádio+Jornal) o tédio pode
fazer você pensar seriamente em comprar um passarinho ou fazer um curso de jardim japonês. Calma, espere um pouco!

Claro, a vida lá fora pode ser linda, mas o rolo compressor da novidade não deixa tempo nem para os pequenos
três minutos de uma canção. Se o riff não chegar em 30 segundos o artista corre o risco de perder um contrato, uma penca de fãs e a cabeça. Já se o riff chegar antes, a canção vira uma vinheta e a banda corre o risco de perder o coração.
Não há regra, nem fórmula.

A informação ainda é dominada por poucos, porém agora pelo menos a sensação de domínio é muito mais em relação à capacidade financeira do que o conteúdo propriamente dito. Aliás, até mesmo os casos hollywoodianos do besteirol, aqueles especializados em mostrar o peitinho da fulana, a briga pela guarda do filho da cicrana, estão com sérias deficiências de enredo, mesmo porque apesar de muita gente ter uma certa queda por um novelão real, este tem que ser bom.

Quem pode garantir que a greve em Hollywood não passa de uma fase de vacas magras em relação ao potencial criativo e inovador daqueles que até então eram “intocáveis”? A democracia crescente da informação de fato deixou o rei nu, e quem tem que estar preocupado são eles, nem eu nem você.

As diferenças estão tornando-se cada vez menos diferentes, a criatividade tem encontrado bons representantes
nas esferas periféricas da corrente óbvia do sucesso comercial, e isso é bom, pelo menos necessário.
O que antes era fofoca de revista, agora virou fofoca de blog.
Eu discordo que toda fofoca seja maléfica. Há aquela boa fofoca, aquela dica esperta, aquela música que lhe passam com a sugestão para você não gostar e que você acaba gostando, e muito. Se por um lado há excesso, pelo outro há possibilidades. Só nos resta aproveitá-las.

Aproveito e deixo uma dica de uma super cantora, Marcela Bellas.

l_e1c2fdf0180266aad3f6a7edd2d66c43.jpg

Esta baiana de 23 anos mistura música brasileira com batidas eletrônicas, rock, trip hop e samba. Vale a pena conferir!


Um abraço e aproveitem, Antonio Rossa

 Maiores informações: http://www.myspace.com/marcelabellas

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: