Archive for July, 2008

A infância e o Supertramp!

Posted in musica with tags , , , on 31/07/2008 by transitoriamente

 

 

Daqueles ótimos momentos da infância, que em alguns sentidos jamais terá fim, trago na memória as tardes na casa dos meus primos, ouvindo Belchior, Pink Floyd, João Bosco, Caetano, Chico , Gil, entre outros.

 

Era uma verdadeira salada de boa música, grandes sacadas, sempre regada a boas e longas conversas.

 

Pra lembrar daqueles tempos nada melhor do que Supertramp e a clássica “The Logical Song”. Na verdade este vídeo é um encontro entre o líder dos “Tramps” Roger Hodgson e o lendário baterista Ringo Starr.

 

Mais abaixo você confere a tradução desta cancão – uma obra atemporal. Verdadeiramente uma letra para qualquer tempo.

 

Reparem no vídeo que o guitarrista da Maltines, Jiva Lin, tem algum parente, perdido e mais velho, tocando com essas feras.

 

Obs.: Tentem prestar a atenção na capa do disco. Esta é, sem dúvidas, umas das mais criativas capas da história da música pop. A Estátua da Liberdade passa a ser uma garçonete pronta para servir um “vigoroso café da manhã” para quem chega na “América”, disposto a dar seu sangue e suor em troca das verdinhas. Em verdade continuamos a consumir este café, dia após dia.

 

Bom som, saudades e um abraço, Antonio Rossa

 

  

 

A LÓGICA CANÇÃO

 

Quando eu era jovem,
Parecia que a vida era tão maravilhosa,
Um milagre,oh ela era tão bonita,mágica.
E todos os pássaros nas árvores,
Eles cantavam tão felizes,
Alegres,brincalhões,me olhando.
Mas aí eles me mandaram embora,
Para me ensinar a ser sensato,
Lógico,responsável,prático.
E mostraram um mundo
Onde eu poderia ser dependente,
Doente,intelectual,cínico.
Tem vezes,quando todo mundo dorme,
As questões correm profundas demais
Para um homem tão simples.
Por favor,me diga o que aprendemos
Eu sei que soa absurdo,
Mas por favor me diga quem eu sou.
Eu digo :
Agora cuidado com o que você diz,
Ou eles estarão te chamando de radical,
Liberal,fanático,criminoso
Você não vai assinar seu nome,
Gostaríamos de sentir que você é
Aceitável,respeitável,aprensentável,um vegetal !

À noite,quando todo mundo dorme,
As questões correm tão profundas
Para um homem tão simples.
Por favor,me diga o que aprendemos
Eu sei que soa absurdo,Mas por favor me diga quem eu sou.
Quem eu sou…

Advertisements

Cachorro Grande em busca da fama! Lenzi Brothers foi a escolhida!

Posted in musica with tags , , , , , , , on 30/07/2008 by transitoriamente

 

Mr. Weiss – e seu indispensável blog Mundo47 – anunciou há poucos minutos que os lageanos do Lenzi Brothers foram os escolhidos pela banda Cachorro Grande para o “grande show” em Porto Alegre, que segundo Matheus Lenzi, deverá acontecer já nesta quinta-feira, 31.

 

Pra quem ainda não sabe os gaúchos do Cachorro Grande fizeram uma maratona pelo sul do Brasil atrás de novos destaques da música. Toda essa viagem será apresentada em novembro, quando a MTV estreará o programa “Cachorro Grande em busca da fama”.

 

Coincidência ou não, ontem à noite Lucas Figueiredo, vocalista da Kronix, comentou que a melhor banda para fazer “par” com o combo gaúcho seria a Lenzi Brothers. Dito e feito meu caro Lucas.

 

Este fato elucida o quanto Santa Catarina vem mostrando trabalhos relevantes dentro da música autoral nacional. Um verdadeiro presente para todos nós.

 

O Lenzi Brothers acabou de lançar o seu terceiro trabalho, intitulado “Trio”, e está na estrada há mais de 10 anos. Isso mostra que o trabalho bem feito e a dedicação cedo ou tarde gera bons frutos.

 

Você confere abaixo a participação dos Lenzi no Trânsito Musical, o nosso “Blog-Programa” da Transitoriamente.

 

Parabéns Lenzi Brothers! Parabéns Santa Catarina!

 

Um abraço,

 

Antonio Rossa

 

Sexo, Armas e Rock´n`Roll! O Independente & A Indústria Moderna.

Posted in musica with tags , , , , , , on 30/07/2008 by transitoriamente

 

 

O meio independente não é “ignorado” por ser um modelo de negócio morno aos olhos da indústria mundial. Ser independente, antes de tudo, é saltar os portões do autoritarismo vacilante, é comprar o terreno, construir a casa e erguer a sua bandeira.

 

Isso fere qualquer padrão até então imposto de controle de massas e obediência civil, mesmo que o independente na maioria dos casos não desobedeça à civilidade, muito pelo contrário.

 

O independente choca num primeiro momento, porque é a materialização da contramão de um establishment inflado e decadente. No independente você negocia com o mundo, da sua casa, baseado nas suas idéias e conceitos. Quantas empresas médias, por exemplo, que você conhece negociam além fronteiras?

 

Os nossos artistas independentes estão ganhando o mundo, passo a passo, exatamente da maneira que os especialistas mundiais conceituam os modelos de negócio modernos, isto é, leves, dinâmicos e criativos.

 

Se o mundo torna-se virtual e o contato humano escasso, por uma lei simples de economia o toque passará a valer mais, talvez mais do que você possa pagar. Os artistas, indubitavelmente, estarão na ponta da oferta de contato e calor humano.

 

Hoje, o seu artista preferido pode morar no seu prédio, a arte faz tudo ficar em perspectiva, ou seja, você será fã do seu vizinho e não da Madonna, por exemplo.

 

Atualmente, mais do que imaginar uma campanha de marketing eficiente, é preciso pensar no bom-senso e no equilíbrio entre fantasia e realidade. Aos poucos os consumidores estão se habituando a não mais aceitar “mentiras mascaradas”, o famoso “mete goela abaixo que eu compro”.

 

Mais educadas, as pessoas irão reivindicar um espaço na sala de estar. A fantasia será tão real quanto a sua capacidade de maravilhar os olhos e corações de uma sociedade de almas empedradas.

 

O artista que foi “expulso” dos jardins da filosofia clássica, voltará como alguém íntegro e transparente. Não haverá espaço para mentiras, já que o tempo também se tornará escasso, e a integridade não será mérito algum, apenas necessidade. 

 

Ao depender de si próprio, sua responsabilidade social e para com a sociedade inevitavelmente será maior. Sendo mais responsável, você ganhará e o país também ganhará.

 

A arte, sem dúvidas, é e será cada vez mais um dos modelos de sociedade responsável e organizada, capaz de se auto-sustentar, além de manter o homem num equilibro possível entre a cruel realidade e o mundo dos sonhos.

 

Pensando na realidade das cidades, será que as pistolas e o crack não estão chegando mais facilmente nas mãos das crianças do que tambores e violões? É de se pensar, não?

 

“Sexo, Armas e Rock´n´Roll” será um chavão muito doloroso que talvez alguma indústria dependente compre e transforme em produto de última moda.

 

Quem compreende Dylan ou Daca, Chico Buarque ou Chico Faganello, Moptop ou Iggy Pop, talvez entenda melhor o valor e o peso real de uma arma.

 

Lennon já dizia: Happiness is a warm gun!

 

De que lado você está?

 

Antonio Rossa

 

Segunda-Feira-Clipes: Cidadão Quem!

Posted in musica with tags , , , , , , on 28/07/2008 by transitoriamente

 

Cidadão Quem em 2000

Cidadão Quem em 2000

 

Hoje o “Segunda-Feira-Clipes” traz os gaúchos do Cidadão Quem, que estarão em Floripa esta semana, no CIC.

 

Na época em que este clipe foi gravado a banda contava com Paula Nozzari, atual baterista do duo Canja Rave, que provavelmente estará em Floripa nos próximos meses, depois de uma bem sucedida turnê pelos EUA.

 

A direção ficou a cargo de Rene Goya Filho.

 

Com vocês “Tchau”!

 

Boa semana a todos e um grande abraço,

 

Antonio Rossa

 

Da Caverna – Nus e com a guitarra na mão!

Posted in musica with tags , , , , , , on 26/07/2008 by transitoriamente

 

A banda catarinense Da Caverna fez um show pra lá de cômico nesta última sexta-feira, no Bar Célula, em Florianópolis.

Por conta do lançamento de “Descalço e sem meia”, música inédita que será lançada no próximo álbum da banda, o trio resolveu levar o som ao pé da letra (ou seria a letra ao pé da letra?).

 

O público, que durante os dois primeiros shows parecia “morno”, entrou na farra dos irmãos peladões. Eles tocaram a nova canção e a já clássica “Fuck Fuck”. Isso mesmo, apenas duas músicas e só. Fecharam-se as cortinas.

Sorrisos, gritos e muito humor, assim a banda fechou a noite, que ainda contou com Tijuquera e John Bala Jones.

Para alguns pode parecer oportunismo ou excesso de exposição, para quem conhece as letras, o som e a proposta do Da Caverna, verá que se trata de uma banda que leva o seu trabalho com muita seriedade e profissionalismo. Uma atitude coerente e honesta.

O Tijuquera pode até tocar de fraldas, mas só o Da Caverna toca pelado, com propriedade e ganho de causa.

Os irmãos já começaram os trabalhos de pré-produção da nova obra e o lançamento do álbum deve ficar para o início de 2009. Atualmente a banda está gravando seu primeiro videoclipe com a  produção da TRANSITORIAMENTE.

Enfim, foi uma noite histérica e histórica!

Um abraço, Antonio Rossa

O escritor e roteirista Renato Mussi lança blog.

Posted in Blogs with tags , , , , , on 26/07/2008 by transitoriamente

 

Você gosta da boa leitura? Análises extensas lhe excita?

 

O escritor Renato Mussi – uma das grandes promessas catarinenses da literatua moderna – lançou, há poucas semanas, o blog “Incomum”. (Clique aqui para ler)

 

Além da belíssima e instigante escrita de Mussi, há espaço para reflexões profundas e “dedos na ferida”. Ali nenhum assunto passará despercebido, nem há indícios no horizonte traços de superficialidade.

 

Pra você que não esquiva nem se dobra, o blog Incomum deverá fazer parte do seu cardápio intelectual. Mussi avisa que as atualizações serão semanais, todas as sextas-feiras, já que não se tratam de meros e lépidos “posts”.

 

Boa leitura e um abraço,

 

Antonio Rossa

Maltines e Aerocirco representam a capital catarinense em programa da MTV.

Posted in musica with tags , , , , , , on 26/07/2008 by transitoriamente

 

Ontem, sexta-feira (25 de julho), foi um dia bastante especial para a música catarinense.

 

Em Florianópolis, as bandas Maltines e Aerocirco receberam os gaúchos do Cachorro Grande que estão filmando o programa “Cachorro Grande em busca da fama”. O programa irá ao ar pelo canal MTV em novembro deste ano.

 

 

Além dos “Ilhéus”, Lenzi Brothers, Parachamas, Rock Picture Show e Repolho são algumas das bandas catarinenses participantes desse projeto.

 

 

A TRANSITORIAMENTE esteve no Estúdio Tape, no centro da capital catarinense, onde a Maltines gravou a sua participação para o projeto. O clima foi de descontração total, e deu pra sentir que os gaúchos ficaram impressionados com a qualidade e a diversidade das bandas catarinenses.

 

Lá no blog Mundo47 você confere como foi a participação das bandas Lenzi Brothers e Parachamas.

 

 

 

 

Boa sorte a todos. Um grande abraço, Antonio Rossa

 

Créditos: Antonio Rossa