A infância e o Supertramp!

 

 

Daqueles ótimos momentos da infância, que em alguns sentidos jamais terá fim, trago na memória as tardes na casa dos meus primos, ouvindo Belchior, Pink Floyd, João Bosco, Caetano, Chico , Gil, entre outros.

 

Era uma verdadeira salada de boa música, grandes sacadas, sempre regada a boas e longas conversas.

 

Pra lembrar daqueles tempos nada melhor do que Supertramp e a clássica “The Logical Song”. Na verdade este vídeo é um encontro entre o líder dos “Tramps” Roger Hodgson e o lendário baterista Ringo Starr.

 

Mais abaixo você confere a tradução desta cancão – uma obra atemporal. Verdadeiramente uma letra para qualquer tempo.

 

Reparem no vídeo que o guitarrista da Maltines, Jiva Lin, tem algum parente, perdido e mais velho, tocando com essas feras.

 

Obs.: Tentem prestar a atenção na capa do disco. Esta é, sem dúvidas, umas das mais criativas capas da história da música pop. A Estátua da Liberdade passa a ser uma garçonete pronta para servir um “vigoroso café da manhã” para quem chega na “América”, disposto a dar seu sangue e suor em troca das verdinhas. Em verdade continuamos a consumir este café, dia após dia.

 

Bom som, saudades e um abraço, Antonio Rossa

 

  

 

A LÓGICA CANÇÃO

 

Quando eu era jovem,
Parecia que a vida era tão maravilhosa,
Um milagre,oh ela era tão bonita,mágica.
E todos os pássaros nas árvores,
Eles cantavam tão felizes,
Alegres,brincalhões,me olhando.
Mas aí eles me mandaram embora,
Para me ensinar a ser sensato,
Lógico,responsável,prático.
E mostraram um mundo
Onde eu poderia ser dependente,
Doente,intelectual,cínico.
Tem vezes,quando todo mundo dorme,
As questões correm profundas demais
Para um homem tão simples.
Por favor,me diga o que aprendemos
Eu sei que soa absurdo,
Mas por favor me diga quem eu sou.
Eu digo :
Agora cuidado com o que você diz,
Ou eles estarão te chamando de radical,
Liberal,fanático,criminoso
Você não vai assinar seu nome,
Gostaríamos de sentir que você é
Aceitável,respeitável,aprensentável,um vegetal !

À noite,quando todo mundo dorme,
As questões correm tão profundas
Para um homem tão simples.
Por favor,me diga o que aprendemos
Eu sei que soa absurdo,Mas por favor me diga quem eu sou.
Quem eu sou…

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: