Visionários – Audiovisual na América Latina. Em Florianópolis!

 

cena-de-o-patio-glauber-rocha

Nosso grande parceiro, o editor de imagens Thiago Celes nos deixou essa grande dica, vale a pena conferir:

De 13 a 16 de abril, o Itau Cultural em parceria com a Secarte/UFSC e os Cursos de Cinema e de Jornalismo da UFSC promovem a mostra Visionários – Audiovisual na América Latina. São 73 filmes e vídeos selecionados por cinco curadores que garimparam criações antológicas e contemporâneas a partir de propostas temáticas e conceituais.  A mostra, que será apresentada no Auditório da Reitoria da UFSC, está organizada em nove programas que exibem um recorte representativo da produção experimental latino-americana.

Os audiovisuais selecionados da Argentina, Chile, Uruguai e Paraguai são apresentados nos programas Relatos na Fronteira e Máquinas e Imaginários, sob a curadoria de Jorge La Ferla, diretor artístico da Mostra Euro-Americana de Cinema, Vídeo e Arte Digital de Buenos Aires. A produção contemporânea brasileira mais recente é apresentada no programa Trópicos Audiovisuais, de Roberto Moreira S. Cruz, gerente do Núcleo de Audiovisual do Instituto Itaú Cultural desde 2001, onde organiza e coordena projetos nas áreas de cinema, vídeo e televisão.

 

Os trabalhos experimentais de Cuba, Bolívia, Colômbia, Equador, Peru e Venezuela são apresentados nos programas Estados Alterados e De Domínio Público, da curadora, jornalista e documentarista Marta Lucía Vélez. As obras da América Central, México e Caribe estão presentes nos programas No Zapping e Outras Convergências, de Elias Levin Rojo, curador de arte eletrônica no México. Já os programas Paradigmas do Experimental e Paradigmas da Latinidade apresentam uma seleção de filmes que são referência na produção audiovisual de 1958 a 1992, e são assinados por Arlindo Machado, que foi Prêmio Líber na última edição do Prêmio Sergio Motta de Arte e Tecnologia.

 

Trata-se de uma oportunidade rara de entrar em contato com imagens de uma América Latina que não fazem parte do circuito comercial de distribuição de produtos audiovisuais. Segundo Arlindo Machado, um dos curadores da mostra, Visionários é “uma das poucas tentativas de buscar, mapear e sistematizar informações sobre essa produção invisível, mas vigorosa”. O público poderá conferir essa cartografia do experimental, através de um conjunto de obras que torna claro a diversidade da cultura audiovisual latino-americana.

 

Realização: Itaú Cultural, em parceria com a Secarte/UFSC e Cursos de Cinema e de Jornalismo da UFSC

 

Comissão Organizadora: Raquel Ritter Longhi / Maria de Lourdes Borges / Clélia Mello / Aglair Bernardo

 

Apoio: CCE – Centro de Comunicação e Expressão e Reitoria da UFSC

 

Programação

 

Segunda 13

 

14h          Paradigmas do Experimental, antologia histórica selecionada por Arlindo Machado

15h          Relatos na Fronteira, seleção de Jorge La Ferla (Argentina, Chile, Uruguai e Paraguai)

16h          Estados Alterados, seleção de Marta Lucía Vélez (Cuba, Equador, Bolívia, Colômbia e Venezuela)

 

Terça 14

 

9h            No Zapping, seleção de Elias Levin Rojo (México, América Central e Caribe)

10h30      Trópicos Audiovisuais, seleção de Roberto Moreira S. Cruz (Brasil)

14h          Paradigmas da Latinidade, antologia histórica selecionada por Arlindo Machado

16h          Máquinas e Imaginários, seleção de Jorge La Ferla (Argentina, Chile, Uruguai e Paraguai)

 

Quarta 15

 

9h            De Domínio Público, seleção de Marta Lucía Vélez (Cuba, Equador, Bolívia, Colômbia e Venezuela)

11h          Outras Convergências, seleção de Elias Levin Rojo (México, América Central e Caribe)

14h          Paradigmas do Experimental, antologia histórica selecionada por Arlindo Machado

15h          Relatos na Fronteira, seleção de Jorge La Ferla (Argentina, Chile, Uruguai e Paraguai)

16h          Estados Alterados, seleção de Marta Lucía Vélez (Cuba, Equador, Bolívia, Colômbia e Venezuela)

 

Quinta 16

 

9h            No Zapping, seleção de Elias Levin Rojo (México, América Central e Caribe)

10h          Trópicos Audiovisuais, seleção de Roberto Moreira S. Cruz (Brasil)

11h10      Outras Convergências, seleção de Elias Levin Rojo (México, América Central e Caribe)

14h          Paradigmas da Latinidade, antologia histórica selecionada por Arlindo Machado

15h10      Máquinas e Imaginários, seleção de Jorge La Ferla (Argentina, Chile, Uruguai e Paraguai)

16h10      De Domínio Público, seleção de Marta Lucía Vélez (Cuba, Equador, Bolívia, Colômbia e Venezuela)

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: