29 anos sem John Bonham

John Bonham

Ontem, 25.09, fez 29 anos que o genial baterista John Bonham, do Led Zeppelin, foi ao encontro de Deus (alguém duvida?).

Na minha opinião – eu disse na minha opinião – Bonham guarda seu lugar cativo como o maior baterista de todos os tempos.  Não me refiro apenas a sua técnica, mas a sua catimba, seus timbres únicos, sua personalidade e sua extrema destreza em passear por diversos ritmos sem nunca perder a marca e o peso Bonham.

Mesmo nas baladas mais sutis, a força de Bonzo estava lá, precisa, provocativa e improvável. Uma pegada sempre “malandra”, que deixaria qualquer baixista sempre com um pé atrás.

Depois de frustradas tentativas em reativar o Led Zeppelin após a morte do baterista, Jimmy Page e o resto da turma sacaram que existem coisas que são insubstituíveis. Aquele lugar era dele, não caberia a mais ninguém.

Pois é, técnica sem personalidade é apenas uma técnica. É preciso também alma e coração.

Viva John Bonham!

Antonio Rossa

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: