Adeus, Glauco

 

A vida é mesmo dicotômica, imprevisível, equilibrada em seus desequilíbrios, absurda, linda e escrachada.

O Brasil perdeu hoje um de seus ilustres filhos, aquele tipo de gente que faz a diferença, que vai além das meras normalidades.

Foi brutalmente assassinado, junto com seu filho, e isso me faz perguntar: qual a moral dos novos tempos?

Glauco, o ilustrador, deixou-nos.

Fica a obra.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: