Um novo espírito de um tempo?

Devemos simplesmente tentar destruir o Sistema, o Capitalismo? Não, não creio. É preciso ao menos repensarmos o mundo em que vivemos, su condição, a nossa comunidade, buscarmos novas alternativas.

Aqui no Brasil, por exemplo, temos ainda sérias questões a serem discutidas. Fome, miséria, saúde, corrupção, meio-ambiente, são alguns dos temas que necessitam um mais amplo diálogo.

O mundo necessita da nossa consciência, com urgência. Não somos algo “fora” do planeta, somos parte.

Acredito que vale a pena você tirar duas horinhas da sua vida para assistir ao Zeitgeist – Moving Forward, o terceiro filme da série que começou com Zeitgeist – O Filme (2007) Zeitgeist Addendum (2008), todos dirigidos pelo ativista norte-americano Peter Joseph.

Abaixo você pode assistir à versão completa.

Há ali esquemas de um grande projeto de novo mundo. Um mundo que se auto-analisa um sistema ideal.

Bom para pensar e refletir sobre certos aspectos da natureza humana, uma espécie de auto-revelação dos nossos próprios vícios, vícios estes que no mercado são lascivamente chamados de “sonhos de consumo“.

Até onde estaremos dispostos a abrir mão do direito de posse e propriedade? E de todo o aparato de poder que isso envolve?

Vale uma reflexão sobre até onde as nossas atitudes pessoais e a nossa participação dentro da comunidade estão conseguindo criar uma voz política-engajada, capaz de pressionar o sistema em direção ao aprimoramento de si mesmo, para longe do ideário do individualismo ganancioso e excludente.

Aproveite para pensar.

Antonio Rossa

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: