Archive for clube da luta

ESCUTE POP FESTIVAL

Posted in musica with tags , , , , , on 11/01/2010 by transitoriamente

 

O ano musical em SC já começa com novidades, e eu não estou falando do Planeta Atlântida.

O finado Clube da Luta começa a dar sinais espirituais de que sua presença não se esvaiu, aliás, permanece no inconsciente daquelas mentes que compreendem o valor da nossa arte, a significância daquilo que é produzido em nossa terra, perto da gente. 

Pelo andar da carruagem, e como já foi anunciado na mídia, o Clube da Luta parece que realmente voltará em 2010.

Para quem acredita que a vida é muito maior do que essa vivida, e que a arte feita em nossos terrenos pode ajudar a nossa própria compreensão de nós mesmos, fica a dica:

ESCUTE POP FESTIVAL – 15 e 16jan – Célula – Floripa/SC.

Bom som e um abraço, Antonio Rossa

Advertisements

O Clube da Luta chegou ao fim? Mas qual fim afinal?

Posted in musica with tags on 05/08/2009 by transitoriamente

 

Vina Nu - Transitoriamente 2008

Depois de tantos fins, mais um fim.

O Clube da Luta chegou ao fim? Mas qual fim afinal?

Confesso que no primeiro ano de Clube da Luta, aqui na capital catarinense, fui um entusiasta convicto, daqueles que vestem uma camisa imaginária e acreditam na luta, pois para mim havia no ar um cheiro de renova – ação, apesar do discurso que não deixava às claras o propósito da idéia.

“Governo da música independente” e “é daqui e é nosso”, foram alguns dos jargões utilizados para vender uma idéia, que até pouco tempo atrás nunca tinha ficado realmente nítida, apesar da quase sempre agressiva publicidade.

Idéias realmente não faltaram, leia-se Movimento, Cooperativa, Panela, Grupo de Amigos. O que era “nosso” acabou se tornando de poucos, e no fim das contas as tantas idéias não conseguiram tornar, de fato, o Clube maior do que uma festa semanal na Capital. Não que isso seja demérito, porém há talento para ir mais longe. 

Quem sabe a história contará as coisas de um modo diferente, mas aí será a história, e não uma agência de publicidade tentando martelar alguma coisa goela abaixo. O tempo tem esse grande trunfo, ele esclarece quase tudo.

Eis que chegou um ponto em que algumas coisas começaram a ficar mais nítidas, a idéia de algo maior e com participação mais abrangente de bandas não existia, e como alguns disseram, nunca existiu de fato. Nesse ponto a comunicação do Clube falhou, e algumas pessoas se sentiram lesadas, com ou sem razão.

O que foi aquele episódio da parceria com a MTV? Até hoje pouco se sabe. Enfim…

Ando bastante por aí, ouvindo bandas, artistas, e é preciso esclarecer que o Clube reúne (reuniu?) algumas ótimas bandas, sim, mas de forma alguma condensa (condensou?) o que é a música catarinense. Há uma parte ali, não tenho dúvidas, uma pequena e importante parte. Porém, precisamos colocar as coisas em perspectiva.

Tive o prazer de trabalhar recentemente com o selo Beluga, encontrei ali um baú de preciosidades e com uma década de estrada. É mais uma excelente peça para somar, mas também não resume A MÚSICA DE SC. Temos muito mais a oferecer, de canto a canto do Estado.

Devo deixar claro, eu não estou aqui para apontar erros, nem ser advogado de nada. Acredito realmente que em alguns pontos o Clube da Luta foi (é?) importante para a música feita em Florianópolis e até certo ponto no Estado. Planejado ou por acaso? Não sei. Porém, há um valor nisso tudo, e que merece ser visto também.  Um valor nem sempre mensurável, pois além do capital financeiro, envolve também questões pessoais e emocionais, que serão ativadas ou deixadas no canto de um saudosismo barato.

De qualquer maneira, deixo uma questão, que para mim servirá de exemplo para outras frentes e para o futuro: ATÉ QUE PONTO DEVEMOS FAZER DA MERA PUBLICIDADE ALGO MAIOR DO QUE A REALIDADE? É POSSÍVEL PERSUADIR SEM QUERER CATEQUIZAR?

Uma coisa é fato, a música não vai parar, as bandas não deixarão de trabalhar e o melhor certamente ainda está por vir. Não há fim, apenas continuidade.

Talvez alguém diga que não acabou, mas aí então será preciso recomeçar.

De qualquer maneira, fiz alguns bons amigos com essa estória toda, e só isso já me deixaria muito feliz.

Um abraço, Antonio Rossa

Música Cinematográfica ou Cinema Musical?

Posted in musica with tags , , , on 29/05/2009 by transitoriamente

 

Clube da Luta

HOJE! “Coletivo Operante” lança single no Clube da Luta

Posted in musica with tags , , , on 03/04/2009 by transitoriamente

 

coletivo-operante-blog 

Hoje a noite do Clube da Luta será especial.

 

O quarteto catarinense Coletivo Operante está lançando seu mais novo single e com isso fará uma grande festa junto com Tijuquera e Renato Valério Project, na Célula, em Floripa, a partir das 23h. É bom lembrar que até às 23:30h as mulheres não pagam entrada.

 

“O Nome do DJ” é canção pop de primeira, com excelente pegada e uma letra de tirar o chapéu. Junte-se a isso uma banda azeitada que trás grandes nomes da música local. Lá estão Ulysses Dutra (Guitarra), Luís Maia (Baixo), Ledoux (Bateria) tudo isso ancorado pelo forte vocal de Caio Cezar.

 

Além do single, a banda ainda oferece uma versão Drum&Bass do mesmo som mixada por Squat DB. É som para incendiar as pistas de qualquer lugar do mundo.

 

Acesse o Myspace da banda e confira as novidades (clique aqui).

  

Bom som e um abraço, Antonio Rossa

 

 

Hoje tem Da Caverna e Os Berbigão no Clube da Luta!

Posted in musica with tags , , on 30/01/2009 by transitoriamente

 

1233202469301_f

“Jeremias Sem Cão” é contemplado com prêmio de incentivo cultural.

Posted in musica with tags , , , , on 21/01/2009 by transitoriamente

2394214796_2beaa97ea01

Olá pessoal,

Segue abaixo uma super notícia vinda lá dos cantões de Biguaçu. Quem manda a feliz “missiva” é o nosso amigo JP Rodrigues, do trio Jeremias Sem Cão. Confira a nota:

 

A banda Jeremias sem Cão obteve verba para a gravação do seu 2º CD. A aprovação do projeto Rock & Poesia II foi publicada no site da Eletrosul – Centrais Elétricas S.A no dia 09 de janeiro.

 

Rock & Poesia II é um dos 33 projetos contemplados pela estatal na categoria projetos institucionais (previstos para o 1º semestre do ano de 2009). A chamada pública para utilização de recursos próprios da empresa ocorreu entre os meses de setembro e outubro de 2008.

 

Para o grupo, a aprovação significa acima de tudo o reconhecimento do trabalho que vem realizando.

 

Contando com esta importante ajuda financeira, a banda deve entrar em estúdio em fevereiro, pretendendo lançar o material produzido ainda neste ano.

 

Jeremias Sem Cão é formada por: JP. Rodrigues (guitarra e vocal), Fernandes (contrabaixo, vocal e gaita) e Rogério Wasielewski (bateria e vocal).

 

Em abril de 2006 lançou seu CD de estréia, Metaphorai. Há dois anos faz parte do Clube da Luta – Floripa, um seleto clube que reúne as melhores bandas da cena musical catarinense.

 

Ouça o Jeremias Sem Cão clicando aqui.

Clube da Luta! Hoje.

Posted in musica with tags , , , on 16/01/2009 by transitoriamente

 

flyer-clube-da-luta-16_01

Hoje é um dia especial para todos que curtem o Clube da Luta.

 

Ligia Estriga, vocalista da Maltines, terá um bebê em breve e se ausentará da banda até o final do ano.

 

Então corre lá para curtir essa festa especial, que ainda contará com Coletivo Operante e Kratera.

 

Um abraço, Antonio Rossa